Densitometria Óssea

A Densitometria Óssea (DMO) é um exame que permite a análise de perda de massa óssea e mineral, oriunda de osteopenia ou osteoporose, de forma segura e indolor. O diagnóstico é apresentado por imagem, como uma radiografia convencional, e o procedimento dura, aproximadamente, 15 minutos.

O principal objetivo da DMO é o diagnóstico e, portanto, o consequente tratamento precoce de doenças vinculadas aos ossos, já que apresenta potencial de detecção de perda mineral nos estágios iniciais.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o procedimento é recomendado para homens e mulheres de 70 anos ou mais e 65 anos ou mais, respectivamente. Ainda assim, o exame também é indicado para pacientes com idades inferiores, nos seguintes casos: baixo peso; fratura prévia; uso de medicações ou presença de doença que aumentam o risco de osteoporose; monitoramento de osteoporose já diagnosticada e em tratamento.

Também recomenda-se o exame para mulheres acima dos 50 anos que apresentam fatores de risco para fatura ou relacionados à qualidade de vida, como tabagismo, sedentarismo e álcool em excesso. É, ainda, indicada para qualquer indivíduo adulto com comorbidades ou usuários crônicos de medicamentos. Além disso, possibilita avaliar a suspensão de terapia de reposição hormonal em mulheres em menopausa e a evidência de osteoporose em Radiografia simples.

O exame de DMO é contraindicado para gestantes, devido à radiação, e pacientes que realizaram exame com contraste de iodo ou bário, no período de 15 dias, ou demais exames radiológicos, a exemplo da cintilografia. Há, também, contraindicação para indivíduos que realizaram cirurgia ortopédica extensa ou que possuem prótese extensa na região investigada. A proibição vale, ainda, para pacientes com obesidade grave – ou seja, com mais de 160 kg.

Como o exame é realizado?

No dia do exame, o paciente deve evitar o uso de objetos metálicos e não ingerir suplementação de cálcio.

Na hora do procedimento, o paciente – em uso de vestimenta apropriada, fornecida pela Clínica Imagem Plena – irá deitar em uma maca acolchoada e posicionar as pernas em um suporte esponjoso, alinhando pelve e coluna vertebral. Na sequência, o laser fará uma movimentação em zigue-zague pelas regiões investigadas. Esse processo é responsável pela digitalização da estrutura óssea e medição da quantidade de radiação absorvida por ela.

A DMO deve ser feita em, pelo menos, dois ossos diferentes, preferencialmente na coluna e no quadril. Nas crianças, é feita em todo o corpo. De modo geral, o exame possui duração média de cinco minutos, na coluna e no fêmur, e de dez minutos, no corpo inteiro. O indicado é que seja realizado anualmente, a depender da recomendação médica.

Na Clínica Imagem Plena, o público feminino realiza o exame no Espaço Mulher, área totalmente dedicada a pacientes do gênero, para que cada uma seja atendida com a privacidade, o conforto e a segurança que o momento requer.

Preparo de Exame

Antes de realizar seu exame de Densitometria Óssea, certifique-se de cumprir as recomendações de preparo:

Preparo Densitometria Óssea